Blocos e escolas de samba decidem que não vai ter Carnaval no Rio em fevereiro

Ainda não há definição de datas para o evento, que só deve ocorrer depois da vacina contra a Covid-19

As escolas de samba e os blocos de rua do Rio de Janeiro decidiram que não vai haver Carnaval em fevereiro de 2020. Quando será? Ainda não se sabe, mas só depois que a vacina contra o novo coronavírus estiver disponível e começar a ser aplicada na população.

A Liesa, liga que reúne as 13 agremiações do grupo especial da Marquês de Sapucaí, definiu o adiamento na noite desta quinta (24). Em julho, um outro encontro acabou sem definição. Já houve cancelamento de desfiles por causa de chuvas, por exemplo, mas é a primeira vez que o evento é postergado nesses moldes.

Ler mais

Pastor Everaldo e filhos são presos em operação que afastou Witzel do governo de RJ

O Pastor Everaldo Pereira, presidente nacional do PSC, e seus dois filhos, Filipe Pereira e Laércio Pereira, foram presos na manhã desta sexta-feira (28) na Operação Tris in Idem, que também determinou o afastamento do cargo do governador Wilson Witzel (PSC-RJ).

Policiais federais e uma procuradora chegaram por volta de 6h da manhã ao apartamento do pastor, no bairro do Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Em um carro da PF, o pastor saiu de lá por volta das 7h45.

Às 8h25, ele chegou na sede da Polícia Federal no Rio, na Praça Mauá, e por volta das 15h45 chegou ao presídio de Benfica.

Além dele, também foram levados para Benfica também: os filhos do pastor Laércio Pereira e Filipe Pereira, Juan Elias Neves de Paula, Lucas Tristão, Iran Pires Aguiar e Edson da Silva Torres.

Ler mais

MP denuncia deputada Flordelis por morte de pastor Anderson

Autoridades já cumpriram nove mandados de prisão e buscam cumprir 14 de busca e apreensão em caso que investiga morte de Anderson do Carmo

O MP-RJ (Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro) denunciou nesta segunda-feira (24)  a deputada federal Flordelis de Souza pela morte do marido, pastor Anderson do Carmo de Souza, assassinado em junho do ano passado. 

Além disso, a Polícia Civil, em ação conjunta com o MP-RJ, cumpre nove mandados de prisão preventiva e 14 de busca e apreensão contra 11 envolvidos na morte do pastor Anderson do Carmo de Souza. A ação ocorre em endereços do Rio de Janeiro (RJ), de Niterói (RJ), São Gonçalo (RJ) e em Brasília (DF). 

Segundo o delegado Allan Duarte, a motivação do crime teria sido a disputa de poder e sua emancipação financeira do marido. Flordelis não estava satisfeita com a forma como o marido organizava as finanças e os problemas da família. 

Ler mais