Conselho de Ética aprova perda de mandato da deputada Flordelis.

Cassação ainda depende de votação do plenário da Câmara, que precisa aprovar parecer por 257 votos. Flordelis é acusada de ser a mandante do assassinato do marido, em 2019.

O Conselho de Ética da Câmara decidiu nesta terça-feira (8), por 16 votos a 1, cassar o mandato da deputada Flordelis (PSD-RJ), acusada de ser mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Ler mais

Parecer sobre perda de mandato de Flordelis será entregue a presidente da Câmara nesta quinta-feira

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), vai receber nesta quinta-feira parecer da correegdoria da casa no processo disciplinar que pode culminar com a perda do mandato da deputada Flordelis dos Santos. O relatório será entregue às 11h pelo corregedor, Paulo Bengtson (PTB-PA), na residência oficial de Maia em Brasília.

A corregedoria analisa se houve quebra de decoro e a punição a ser aplicada, a mais grave delas é a perda do mandato. O procedimento foi aberto após Flordelis ter sido denunciada pelo Ministério Público estadual do Rio por ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo. O crime ocorreu no dia 16 de junho do ano passado. Além de Flordelis, seis filhos e uma neta da parlamentar são acusados de envolvimento no assassinato.

Ler mais