Facebook fecha página de oração sionista evangélica em meio a um suposto ataque cibernético anti-semita

Uma página sionista evangélica pró-Israel no Facebook para oração e adoração com cerca de 76 milhões de “curtidas” foi banida depois que afirma ter sido inundada por um ataque cibernético de mais de 2 milhões de comentários, muitos dos quais eram de natureza anti-semita. 

Mike Evans, pastor americano e fundador do Friends of Zion Heritage Center e da Equipe de Oração de Jerusalém, afirmou em uma entrevista ao The Christian Post que a página da Equipe de Oração de Jerusalém no Facebook era a maior igreja online do mundo na época em que foi fechada para baixo no mês passado. 

Ler mais