Mourão convida DiCaprio para visitar Amazônia e diz que não há exportações

O vice-presidente Hamilton Mourão, coordenador do Conselho da Amazônia, afirmou nesta quarta-feira (19) que vai convidar o ator Leonardo Di Caprio para conhecer “como funcionam as coisas” na Amazônia.

“Eu gostaria de convidar o nosso mais recente crítico, o nosso ator Leonardo Di Caprio, para ir comigo aqui a São Gabriel da Cachoeira para fazermos uma marcha de oito horas pela selva entre o aeroporto de São Gabriel e a estrada de Cucuí. Ele vai aprender em cada socavão que ele tiver que passar que a Amazônia não é uma planície e aí entenderá melhor como funcionam as coisas nessa imensa região”, afirmou Mourão.

Vice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, fala com a imprensa, 7 de fevereiro de 2019

© FOTO / AGÊNCIA BRASIL/VALTER CAMPANATOVice-presidente do Brasil, Hamilton Mourão, fala com a imprensa, 7 de fevereiro de 2019

Nesta terça-feira (18), DiCaprio afirmou em uma rede social que o presidente Jair Bolsonaro “duvidou publicamente da gravidade” das queimadas na Amazônia e disse que há “preocupação crescente de que o desmatamento em andamento não esteja recebendo atenção suficiente”.

Mourão também aproveitou o local para dizer que não há exportação ilegal de produtos saindo da Amazônia.

“Não existe essa situação de que o Brasil está exportando para o resto do mundo produtos que saem ilegalmente da floresta. Se isso ocorre é numa porcentagem ínfima”, afirmou.

Joia do Cristão Com Informações do Sputniknews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *