Ministro da Justiça repudia processo de ‘LGBTfobia’ contra Ana Paula Valadão: “Perseguição”

André Mendonça destacou que respeitar a homossexualidade não significa a proibição de questionar com base nas convicções religiosas de cada pessoa.

Na última quinta-feira (3), o ministro da Justiça, André Mendonça comentou nas redes sociais a acusação de “LGBTfobia” que está sendo feita contra a cantora cristã e ministra de louvor Ana Paula Valadão, chamando o caso de “processo de perseguição”.

Segundo Mendonça, o fato de um cristão questionar certos temas e expressar suas convicções religiosas não indica necessariamente uma ofensa a um grupo de pessoas, como a cantora está sendo acusada.

Ler mais

Pastor é hostilizado por ativistas LGBT durante batismos no Canadá

Uma multidão de ativistas LGBT protestou contra a presença de um pastor em Vancouver durante batismos no Canadá.

Um pregador de rua foi hostilizado por uma multidão de ativistas LGBT enquanto fazia batismos em uma praia de Vancouver, como parte de sua turnê pelo Canadá. O caso aconteceu em 31 de agosto, mas as imagens voltaram a repercutir esta semana nas redes sociais.

O pastor David Lynn, fundador do ministério Christ’s Forgiveness, foi cercado por uma multidão furiosa que protestava por sua presença na cidade. Enquanto fazia batismos na enseada de False Creek, os ativistas gritavam e lançavam objetos contra ele, conforme mostram as imagens.

Ler mais

Racismo é tema da 19ª Parada LGBTQIA+ da Bahia; evento estreia neste sábado

Com estreia marcada para o próximo sábado (5), a 19ª Parada LGBTQIA+ terá o racismo na comunidade como central da programação. O evento, que pela primeira vez será em ambiente virtual, será das 18h às 20h nos canais do Instagram, Facebook e Youtube do blog Me Salte e do jornal Correio*.

Nesta edição, algumas das participações serão das cantoras Josyara e Doralyce e do rapper Hiran, entre outros artistas, além da atriz transgênero Matheuzza Xavier, da transformista e produtora do Miss Brasil Gay Versão Bahia, Bagageryer Spilberg, e da primeira vereadora trans e negra eleita para a cidade de São Paulo, Erika Hilton (PSOL). O jornalista Jorge Gauthier fará a apresentação.

Ler mais

Grupo LGBT pede que Biden cancele o credenciamento de escolas cristãs com crenças bíblicas

Uma das principais organizações ativistas LGBT nacionais está conclamando o presumível presidente eleito Joe Biden e seu governo a promover políticas que retirem o credenciamento das faculdades cristãs que defendem as regras e posturas que se opõem à homossexualidade.

O pedido fazia parte do ” Projeto para Mudança Positiva ” da Campanha de Direitos Humanos , um documento recente que oferece 85 recomendações políticas e legislativas para um potencial governo Biden. O documento vem como Biden se  comprometeu ao longo de sua campanha de 2020 para promover a “igualdade LGBT” nos Estados Unidos e ao redor do mundo. 

Ler mais

CNBB diz que comentário do Papa sobre união gay demonstra ‘humanidade’, mas não altera conceito católico de família

Em documentário, Papa disse que ‘pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família’. Entidade afirmou, em nota, que comentário ‘não muda em nada do ponto de vista doutrinal ou dogmático’.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se manifestou, nesta quinta-feira (22), sobre os comentários do Papa Francisco defendendo uniões civis homossexuais. Segundo a entidade, a fala demonstra “humanidade”, mas “não muda em nada do ponto de vista doutrinal ou dogmático sobre a família”. Segundo a igreja, o matrimônio só pode ocorrer entre homem e mulher.

Os comentários do Papa foram feitos em um documentário e vieram a público na quarta (21). No filme, ele disse que “pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família” e defendeu a criação de leis de união civil para garantir o direito dos casais homoafetivos.

Ler mais

Papa Francisco defende união civil entre homossexuais

Em documentário, o papa diz que ‘pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família’. ‘O que precisamos criar é uma lei de união civil’, ele afirma.

O Papa Francisco afirmou, em um filme que entra em cartaz nesta quarta-feira (21) na Itália, que os homossexuais precisam ser protegidos por leis de união civil. Foi a forma mais clara que Francisco já usou para falar de direitos dos LGBTIs.

Ler mais

Wikipedia proíbe editores de expressar apoio ao casamento tradicional

A Wikipedia, que se define como um “projeto de enciclopédia multilíngue de licença livre, baseado na web e escrito de maneira colaborativa”, decidiu restringir seus editores de expressar oposição ao casamento entre pessoas do mesmo sexo em sua plataforma – uma decisão que veio meses depois que o cofundador Larry Sanger disse que a política de neutralidade do site estava “morta”.

Os voluntários que escrevem e editam os artigos da Wikipedia não podem mais incluir em sua página de perfil qualquer “caixa de usuário” – um emblema expressando suas crenças – que seja contra o casamento gay. Por exemplo, uma dessas caixas de usuário afirma: “Este usuário acredita que o casamento é entre um homem e uma mulher”.

Ler mais

Policiais e guardas LGBTI+ lançam candidaturas em partidos de esquerda

Na contramão da onda bolsonarista que impulsiona candidaturas de policiais, um grupo de profissionais de segurança pública quer tirar a homofobia dessas corporações do armário. Agentes LGBTI+ (sigla para lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis, intersexuais e demais identidades de gênero) buscaram partidos de esquerda para disputar a eleição.

O grupo propõe políticas de combate à homofobia, de valorização dos direitos humanos e se opõe ao governo Jair Bolsonaro (sem partido). Os candidatos integram a Renosp LGBTI+ (Rede Nacional de Operações de Segurança Pública LGBTI+), criada para unir policiais e guardas municipais que lutam contra a homofobia em suas corporações.

Ler mais