Após matar garota em SP, jovem revela à polícia plano de executar cristãos em igrejas

O jovem que matou uma gamer de 19 anos em São Paulo diz fazer parte de grupo de ‘soldados’ contra o cristianismo.

Um livro contendo planos para executar cristãos foi deixado por Guilherme Alves Costa, de 18 anos, antes de matar a facadas, na segunda-feira (22), Ingrid Oliveira Bueno da Silva, de 19 anos, em Pirituba, zona norte de São Paulo.

Ler mais

Porta dos Fundos desafia a intolerância em ‘Teocracia em Vertigem’

Um ano após ser vítima de violência, o grupo faz nova provocação: a paródia bíblica é uma afiada crítica à polarizada política brasileira

Notório dedo-duro bíblico, Judas Iscariotes ficou marcado como o discípulo que traiu Jesus por trinta moedas de prata. Tal relato, porém, pode ser fake news — depende da sua opinião, e daquela externada em seus grupos de WhatsApp. “Eu acreditava em Jesus, mas o Império Romano abriu meus olhos”, garante Judas — posicionamento que, como o próprio diz, o fará cair na malha-fina da cultura do cancelamento. Já Pedro questiona: “Por que depositaram 89 000 moedas de prata na conta da ex-mulher do Judas?”. O proeminente discípulo garante ainda que o colega de Santa Ceia estaria envolvido no esquema de rachadinha do sumo sacerdote Caifás.

Ler mais

Cristãos e muçulmanos selam acordo para liberdade religiosa, no Sudão

Em um momento histórico, líderes religiosos muçulmanos e cristãos concordaram em unir forças e promover a liberdade religiosa no Sudão.

O portal americano de notícias Voice Of America (VOA, da sigla em inglês) relata que, ao final da conferência realizada no começo do mês de novembro, os líderes religiosos assinaram uma declaração para promover a paz e a liberdade de culto entre todas as comunidades sudanesas e incentivar o diálogo comunitário entre pessoas de diferentes crenças.

O arcebispo de Cartum, capital do país, Michael Didi, disse que a declaração ajudará a criar espaço para mais liberdade religiosa no Sudão, à medida que o país vive uma nova era, após a revolução que levou os líderes militares a remover Omar al-Bashir do poder.

Ler mais

STF confirma, por unanimidade, decisão que liberou especial de Natal do Porta dos Fundos com Jesus gay

A decisão suspendendo a exibição foi tomada a pedido da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura. Nesta terça-feira, o advogado Leonardo Camanho Camargo, que representa a entidade, afirmou que o STF, no julgamento de um processo identificado como “ADPF 130”, proibiu a censura prévia. No caso do especial do Porta dos Fundos, a decisão foi tomada depois da exibição. Assim, o TJRJ não teria desrespeitado o STF.

— O que a ADPF 130 proibiu foi a censura prévia, a censura da obra no prelo, inédita, antes de ser conhecida pela sociedade — disse Leonardo Camanho Camargo, acrescentando: —Esse filme hediondo foi ar como especial de Natal. Eu queria começar lembrando as palavras do ministro Gilmar Mendes no julgamento da ADPF 130. Sua Excelência disse que “o mundo não se faz apenas de liberdade de imprensa, mas de dignidade da pessoa humana, de respeito à imagem das pessoas”.

Ler mais

Jovens sobem em cruz da igreja e postam as fotos com palavrões, em SC

Segundo o delegado, poderão responder pelo artigo 208 do Código Penal, que trata de vilipendiar publicamente um ato ou objeto de culto religioso.

As fotos que chocaram São Bento do Sul, no Planalto Norte de Santa Catarina, na manhã de terça-feira (20) poderão fazer com que três pessoas respondam criminalmente pela situação mostrada nas imagens.

O trio registrou o momento em que subiram na cruz da igreja matriz da cidade, e um deles postou as fotos nas redes sociais com palavrões na legenda.

O caso chegou à Polícia Civil por meio da imprensa local mas, no mesmo dia, o pároco da igreja registrou boletim de ocorrência. Agora, segundo o delegado Lucas Mendonça, a polícia trabalha na identificação das três pessoas que aparecem nas imagens para acioná-las para depor.

Ler mais

Bíblia, Alcorão e Torá são satirizados em papéis higiênicos na França

O prédio onde as projeções foram feitas foi cercado por policiais fortemente armados.

Policiais fortemente armados montaram guarda na noite de quarta-feira (21) quando uma cidade francesa desafiou o terrorismo islâmico ao projetar enormes imagens de desenhos animados do Charlie Hebdo em um prédio do governo local.

As projeções, que incluem caricaturas de Maomé, fazem parte de uma homenagem nacional francesa ao professor Samuel Paty, que ocorre na noite de quarta-feira. Paty, um professor de história na área metropolitana de Paris, foi assassinado na sexta-feira por um terrorista imigrante muçulmano porque mostrava os desenhos aos alunos como parte de uma aula sobre liberdade de expressão.

Ler mais

Apesar da perseguição religiosa, China e Cuba entram no Conselho de Direitos Humanos da ONU

Países envolvidos em em violações da liberdade religiosa, como China, Rússia, Paquistão e Cuba, foram eleitos pela Assembleia Geral das Nações Unidas para o Conselho de Direitos Humanos da ONU, de 47 membros, recebendo críticas de grupos de direitos humanos.

Na última terça-feira (13), a Assembleia Geral de 193 membros elegeu 15 países para servir em seu principal órgão de proteção dos direitos humanos em todo o mundo para os mandatos daquele ano. O conselho não apenas propõe resolução sobre questões de direitos humanos, mas também supervisiona investigações sobre violações da liberdade religiosa.

Entre os países eleitos para o painel estão aqueles incluídos pelo Departamento de Estado dos EUA em sua lista de países de particular preocupação por violações de liberdade religiosa ou em sua “lista especial de observação” de países que praticam ou toleram violações graves de liberdade religiosa.

Ler mais

Cristão ex-muçulmano é chicoteado por beber vinho no Irã

O cristão ingeriu a bebida durante a santa ceia, mas as autoridades o julgaram, ignorando a nova fé dele

O cristão ex-muçulmano Mohammad Reza (Youhan) Omidi foi chicoteado 80 vezes no dia 14 de outubro, por beber vinho como parte da santa ceia, no Irã. É ilegal que os iranianos muçulmanos bebam álcool, mas exceções são feitas para minorias religiosas reconhecidas, incluindo os cristãos. No entanto, o Irã não reconhece os convertidos do islamismo como cristãos e a atitude de Omidi foi vista como contrária à lei, resultando na punição física.

Ler mais

Cristãos devem estar preparados para perseguição em massa, diz ator Jim Caviezel

O ator conhecido por seu papel em ‘A Paixão de Cristo’ alertou que os cristãos precisam reconhecer que estão em guerra contra o secularismo.

ator Jim Caviezel afirmou em uma entrevista recente que os cristãos deveriam estar em guerra contra extremistas seculares, declarando que esta é “uma guerra que precisa ser travada e deve ser vencida”.

“Ninguém jamais cavalgou para a vitória apoiado em chavões morais falsos. Temos que falar a verdade com ousadia”, disse Caviezel a Megan West do My Faith Votes.

Ler mais