UE propõe autorizar turistas vacinados e abre brecha para Coronavac.

Premiê belga Charles Michel durante sessão do Parlamento Europeu, em Bruxelas

A Comissão Europeia apresenta oficialmente a proposta de criação de um passaporte de vacinas na UE que incluiria apenas as doses das quatro fabricantes já certificadas pelo bloco – AstraZeneca, Pfizer, Moderna e Janssen. Mas negociações já ocorrem para permitir que imunizantes como a Coronavac entrem na lista de doses consideradas como válidas para um turista, numa decisão que dependeria de cada um dos 27 países do bloco.

Ler mais

Países europeus banem voos após Inglaterra anunciar mutação do coronavírus

Autoridades da Itália, Bélgica e Holanda já suspenderam voos provenientes do Reino Unido após a descoberta de uma nova cepa do coronavírus, suspeita de ser mais contagiosa. Além disso, Alemanha e França já avaliam banir a entrada de pessoas que venham do Reino Unido.

O governo britânico decidiu reconfinar Londres e o sudeste da Inglaterra a partir deste domingo para tentar conter o aumento de contágios atribuído a uma nova cepa do

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, declarou no sábado que, segundo os primeiros dados, o vírus que circula em Londres e no sudeste da Inglaterra é até 70% mais contagioso que a cepa anterior.

Ler mais

O Papa: as religiões estão a serviço da paz e da fraternidade

“A partir da fé religiosa, é possível tornar-se artesãos da paz e não espectadores inertes do mal da guerra e do ódio”, disse Francisco.

Mariangela Jaguraba – Vatican News

O Papa Francisco participou do encontro de Oração pela Paz no Espírito de Assis, na tarde desta terça-feira (20/10), na Praça do Capitólio, no centro de Roma.

O evento, intitulado “Ninguém se salva sozinho – Paz e Fraternidade”, foi promovido pela Comunidade de Santo Egídio que anualmente celebra, de cidade em cidade, esta iniciativa de oração e diálogo em prol da paz, entre os fiéis de várias religiões, a fim de recordar o encontro convocado por São João Paulo II, em 1986, em Assis.

Ler mais

Estado Islâmico reivindica autoria de atentado em Viena

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou nesta terça-feira (3) a autoria do ataque realizado na segunda, no centro de Viena, na Áustria, que deixou quatro mortos e 22 feridos.

Em comunicado divulgado pelo serviço de mensagens Telegram, a organização indica que “um soldado do califado” se lançou contra um aglomerado de pessoas, realizado a ação com uma arma automática, uma pistola e uma faca.

MINISTRO SE PRONUNCIA
O ministro do Interior da Áustria, Karl Nehammer, afirmou nesta terça-feira que as investigações não apontaram a a existência de um segundo autor da série de ataques terroristas cometidos na segunda-feira em seis locais no centro de Viena.

Ler mais

Pastores temerosos após ataques na França; Al Qaeda pede morte a “todos que insultarem Maomé”

A França está implantando forças militares em locais religiosos, enquanto pastores estão ansiosos e angustiados depois que um padre ortodoxo grego foi atacado com uma espingarda serrada na cidade de Lyon no sábado, dias depois de três pessoas terem morrido em um ataque extremista islâmico em uma igreja católica na cidade de Nice.

Nikolas Kakavelakis, um padre de 45 anos e pai de dois filhos, foi ferido no ataque, de acordo com Antoine Callot, o pastor de outra igreja ortodoxa grega em Lyon, relatou o Epoch Times .

Kakavelakis, um cidadão grego, foi baleado no abdômen à queima-roupa enquanto fechava sua igreja às 16h, horário local, e agora está em estado grave no hospital, informou a France 24 . Um novo bloqueio COVID-19 foi imposto na cidade na sexta-feira, mas o governo isentou os locais de culto até segunda-feira.,

Ler mais

França: 3 pessoas mortas em esfaqueamento em Nice; outro ataque é reportado em Avignon (VÍDEOS)

Ataque com faca tira a vida de três pessoas em Nice (França), enquanto outro homem tentou atacar, também com uma faca, policiais em Avignon antes de ser morto.

O ataque se deu no interior da basílica de Notre-Dame de Nice, sendo que, segundo informação ainda não confirmada, um dos decapitados foi uma idosa de 70 anos.

Posteriormente, a agência AFP, citando fontes policiais, confirmou a decapitação, adicionando que outra vítima, um homem, morreu depois de ter sido atingido na garganta ou degolado. O ataque se deu aproximadamente às 9h00 locais (5h00 em Brasília).

Ler mais

‘França é um país muçulmano’, diz embaixador francês na Suécia

O terrível assassinato do professor francês Samuel Paty, que mostrou caricaturas do profeta Maomé em uma aula sobre liberdade de expressão, abalou o país, gerando inúmeros protestos.

Enquanto as palavras do presidente Emmanuel Macron em relação ao islã geraram um conflito diplomático com a Turquia, o embaixador francês na Suécia, Etienne de Gonneville, rejeitou firmemente a ideia de existência do risco de conflito entre a França e o mundo muçulmano.

Na verdade, Gonneville foi mais longe ao classificar a própria França como um país muçulmano, em uma entrevista no domingo (15) à emissora nacional sueca SVT.

Ler mais

O assassino de Samuel Paty ‘estava em contato com um jihadista na Síria’

O homem que decapitou o professor de francês estava supostamente em contato com um lutador que fala russo

O assassino de Samuel Paty, o professor decapitado do lado de fora de sua escola na semana passada depois de mostrar para sua classe dois desenhos animados do profeta Maomé, estava em contato com um combatente islâmico na Síria , informou a mídia francesa.

O promotor antiterrorismo da França confirmou na quinta-feira que sete pessoas, incluindo duas crianças em idade escolar, foram acusadas de crimes de terrorismo depois que Abdullakh Anzorov, de 18 anos, matou o professor com uma faca de 30 cm na sexta-feira.

Ler mais

Bíblia, Alcorão e Torá são satirizados em papéis higiênicos na França

O prédio onde as projeções foram feitas foi cercado por policiais fortemente armados.

Policiais fortemente armados montaram guarda na noite de quarta-feira (21) quando uma cidade francesa desafiou o terrorismo islâmico ao projetar enormes imagens de desenhos animados do Charlie Hebdo em um prédio do governo local.

As projeções, que incluem caricaturas de Maomé, fazem parte de uma homenagem nacional francesa ao professor Samuel Paty, que ocorre na noite de quarta-feira. Paty, um professor de história na área metropolitana de Paris, foi assassinado na sexta-feira por um terrorista imigrante muçulmano porque mostrava os desenhos aos alunos como parte de uma aula sobre liberdade de expressão.

Ler mais