Autoridades angolanas impedem suposta fuga de pastor brasileiro da Igreja Universal.

Depois de a Justiça angolana ter fechado no mês passado sete templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), sob acusação de fraude e outros crimes, agora as autoridades migratórias impediram uma suposta fuga do líder para o Brasil.

As autoridades migratórias de Angola impediram nesta segunda-feira (31) uma suposta fuga do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, Honorilton Gonçalves, para o Brasil, já que há um processo-crime, envolvendo pastores angolanos e brasileiros em curso na Justiça angolana. A assessoria da igreja nega e pontua que a informação visa manchar a imagem da IURD.

Ler mais