Eleições 2020: conheça regras e saiba o que candidato e eleitor podem e não podem fazer

Pandemia de Covid-19 levou Congresso a mudar datas da eleição. Primeiro turno será em 15 de novembro e o segundo, dia 29. TSE excluiu necessidade de biometria neste ano.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que 147,9 milhões de eleitores estarão aptos a comparecer às urnas nos próximos dia 15 (primeiro turno) e 29 (segundo turno) de novembro para escolher 5.568 prefeitos, 5.568 vice-prefeitos e 57.942 vereadores em todo o Brasil.

Noventa e cinco cidades têm mais de 200 mil eleitores e, por esse motivo, poderão ter segundo turno para definição do prefeito se, no primeiro, nenhum dos candidatos obtiver maioria absoluta (mais da metade dos votos válidos).

Ler mais