Cristãos e muçulmanos selam acordo para liberdade religiosa, no Sudão

Em um momento histórico, líderes religiosos muçulmanos e cristãos concordaram em unir forças e promover a liberdade religiosa no Sudão.

O portal americano de notícias Voice Of America (VOA, da sigla em inglês) relata que, ao final da conferência realizada no começo do mês de novembro, os líderes religiosos assinaram uma declaração para promover a paz e a liberdade de culto entre todas as comunidades sudanesas e incentivar o diálogo comunitário entre pessoas de diferentes crenças.

O arcebispo de Cartum, capital do país, Michael Didi, disse que a declaração ajudará a criar espaço para mais liberdade religiosa no Sudão, à medida que o país vive uma nova era, após a revolução que levou os líderes militares a remover Omar al-Bashir do poder.

Ler mais