Ideologia da destruição

Demissão de Weintraub é motivo de comemoração para todos efetivamente comprometidos com a educação

A demissão de Abraham Weintraub do Ministério da Educação é uma festa triste. O convite foi enviado há muito, mas a celebração tardou. Uma festa, porque seu afastamento da cadeira que já foi de Darcy Ribeiro é motivo de comemoração para todos efetivamente comprometidos com esse setor. Triste, pois sua saída não afasta o olavismo esotérico-autoritário do MEC e não há garantia, nem mesmo muita esperança, de que seu sucessor altere a trilha.

Ler mais