Selfie é coisa do passado: a moda no Insta são ‘apresentações de PowerPoint’

Publicações em formatos explicativos estão fazendo sucesso no aplicativo por aliar conteúdo político e social a design

Quando Avery Francis publicou no Instagram uma ilustração a respeito de “Coisas que não se deve dizer a uma negra”, ela supôs que seu público não iria além de amigos e parentes. Avery, 32 anos, consultora de RH que está passando a pandemia em Toronto, Canadá, estava trabalhando na publicação para um cliente em junho, e usou o conteúdo em sua conta pessoal antes mesmo de “corrigir uma porção de erros ortográficos e gramaticais”, diz ela.

A publicação decolou, chegando a mais de 370 mil curtidas e basicamente transformando Avery em uma figura pública de uma hora para a outra. Nos dois meses transcorridos desde então, ela somou mais de 80 mil seguidores e continua publicando composições de texto em tons pastéis que ela cria no programa de design Canva: “Trouxe minha energia do Twitter para o Instagram”, brinca.

Ler mais