Ministério Público quer cassar passaportes diplomáticos de Valdemiro Santiago e R.R. Soares

Em pareceres enviados à Justiça, o Ministério Público Federal defendeu a cassação dos passaportes diplomáticos do apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, e do missionário R.R. Soares, da Igreja Internacional da Graça.

O passaporte de Valdemiro, com validade de três anos, foi concedido em agosto do ano passado pelo governo Jair Bolsonaro. A bispa Franciléia de Oliveira, esposa do apóstolo, também recebeu o documento, que dá ao seu portador privilégios nas filas de aeroportos internacionais. Em alguns casos, dependendo do país, até o visto é dispensado.

Ler mais