Ministro da Educação diz em rede social que Enem 2021 será realizado nos dias 21 e 28 de novembro

As mesmas datas servirão para as versões impressa e digital da prova. Milton Ribeiro afirma em post no Twitter que inscrições ocorrerão entre 30 de junho e 14 de julho.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, disse no Twitter que a edição 2021 do Enem, impressa e digital, será realizada nos dias 21 e 28 de novembro. A inscrição para a prova, segundo o ministro, ocorrerá entre 30 de junho e 14 de julho. Ele afirma que os editais com as principais informações sobre a prova serão publicados no Diário Oficial da União ainda nesta semana.

Ler mais

Volta às aulas no País e acesso à internet não são temas do MEC, diz ministro

Milton Ribeiro reconhece que a desigualdade se acentua, mas ressalta que escola é de responsabilidade de Estados e municípios

BRASÍLIA – O ministro da Educação, Milton Ribeiro, reconhece que a pandemia do novo coronavírus acentuou a desigualdade educacional no País, mas disse que este “não é um problema do MEC, mas um problema do Brasil.” Em entrevista ao Estadão, afirmou que não é ele quem precisa resolver a falta de acesso à internet de alunos que não conseguem acompanhar aulas online e se exime da responsabilidade sobre a reabertura de escolas. O papel da pasta será repassar recursos e divulgar um protocolo de segurança.

Ler mais

MEC prepara protocolo de biossegurança para retorno às aulas presenciais.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou hoje que a pasta prepara um protocolo de biossegurança para o retorno às aulas presenciais, com foco na educação básica — crianças e adolescentes.

Apesar da continuidade da pandemia do coronavírus, há locais que retomaram parte das aulas presenciais ou se preparam para tanto. O objetivo do protocolo, que servirá como uma espécie de orientação, é evitar que determinadas regiões adotem medidas pouco seguras e a pandemia se propague.

A informação foi dada pelo ministro durante debate de comissão no Congresso Nacional para tratar das medidas para o retorno às aulas presenciais. O assunto já havia sido discutido ontem por Ribeiro com deputados federais de comissão que acompanha o trabalho do MEC.

Ler mais

Milton Ribeiro faz 1 mês como ministro: defesa da cloroquina e proposta de cortar R$ 4 bi da Educação marcam início da gestão

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, completa um mês no cargo neste domingo (16), sem o barulho e as polêmicas do antecessor Abraham Weintraub, mas com uma lista de grandes desafios na educação brasileira diante da previsão de perder, em 2021, R$ 4,2 bilhões para sua área.

Ribeiro é o quarto titular do Ministério da Educação (MEC) em um ano e meio de mandato do presidente Jair Bolsonaro. Ele tem 62 anos, é teólogo e pastor da Igreja Presbiteriana. Sua nomeação para a pasta agradou a ala evangélica do governo.

No discurso de posse, disse que buscaria ter “compromisso com o Estado laico” e manter “grande diálogo com acadêmicos e educadores”.

“Conquanto tenho a formação religiosa, meu compromisso que assumo hoje está bem firmado e bem localizado em valores constitucionais da laicidade do Estado e do ensino público. Assim, Deus me ajude”, afirmou.

Ler mais