Melhor viúva que divorciada: Flordelis e o preço da ética fundamentalista

“Separar dele não posso, porque ia escandalizar o nome de Deus”. Esta é uma das mais marcantes frases da pastora e deputada federal Flordelis, nas mensagens ouvidas pelo MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro), que indica que a pastora arquitetou o plano de assassinato de seu marido Anderson do Carmo.

É possível que, para muitos, a frase soe apenas como uma forte demonstração de hipocrisia. Provavelmente é isto também. Mas ela também nos ajuda a pensar como este universo religioso fundamentalista relativiza a vida em nome de aparências e rigor moral impraticável, que arrasta em torno de si sofrimento, violência e desigualdades.

Com fundamentalismo, no caso evangélico, eu estou me referindo a esta relação com os textos bíblicos que os tomam como verdade absoluta não apenas para si, mas para todo mundo, o que faz com que estas verdades sejam impostas aos outros; ao rigor moral que é insensível a contextos e complexidades da vida; e à presunção de manter uma vida pública sem erros, para sustentar uma superioridade moral pública perante as pessoas e, evidentemente, poder julgá-las.

Ler mais

Fariseu sem Demagogia

“Fariseu sem Demagogia” Mateus15: 7-8-9

O nosso maior desafio é matarmos todos os dias esse fariseu que nos faz sentir, e até mesmo achar que somos melhores do que os outros!
Lucas 6-45 Jesus Afirma: O homem bom tira coisas boas do bom tesouro que está em seu coração.

Os fariseus seguiam não somente a lei escrita de Deus, mas Também suas tradições orais, e acreditavam que ambas eram a vontade de Deus. Jesus não seguiu as tradições deles; e eles o atacaram-no “Mateus 15:1-14”
Jesus guardou todas as leis de Deus, mas sempre ignorou as regras do homem. Fariseus guardavam tradições, entretanto não faziam a vontade de Deus.
.
Jesus condenou os fariseus pelo interesse deles em impressionar os outros, aperfeiçoando-se de diversas técnicas de chamar atenção, como usar roupas especiais para fazê-los parecer mais religiosos, orar e jejuar de modos muito visíveis, disputar pelas posições mais elevadas tanto na sinagoga como no mercado. Eles insistiam em que os outros lhes dessem títulos especiais de respeito, porque queriam ser notados e admirados.
.
 A religião dos nossos dias tem sido reduzida a uma questão de espectadores aplaudindo os atos deslumbrantes daqueles que estão no palco nos holofotes têm sido apontado para o eloqüente, cheio de si, de maneira que poderia causar inveja até a um fariseu.
Eai Estamos procurando impressionar os homens ou servir a Deus humildemente?
.
Os fariseus eram falsos doutores pretendendo ser algo que não eram. .
Eles limpavam o exterior (a parte que as pessoas podiam ver), mas negligenciavam a justiça interior. Eles invertiam o que era racional. Uma vez que o pecado começa no coração, a operação de limpeza tem que começar de lá tbm, é de dentro pra fora!
O farisaismo hipócrita religioso de nossos dias cumprem seus deveres religiosos externos perfeitamente. Noentanto permitem que pecados como orgulho, inveja e ódio, soberba, hipocrisia, floresçam por dentro.

Ler mais