CNBB diz que comentário do Papa sobre união gay demonstra ‘humanidade’, mas não altera conceito católico de família

Em documentário, Papa disse que ‘pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família’. Entidade afirmou, em nota, que comentário ‘não muda em nada do ponto de vista doutrinal ou dogmático’.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) se manifestou, nesta quinta-feira (22), sobre os comentários do Papa Francisco defendendo uniões civis homossexuais. Segundo a entidade, a fala demonstra “humanidade”, mas “não muda em nada do ponto de vista doutrinal ou dogmático sobre a família”. Segundo a igreja, o matrimônio só pode ocorrer entre homem e mulher.

Os comentários do Papa foram feitos em um documentário e vieram a público na quarta (21). No filme, ele disse que “pessoas homossexuais têm direito de estar em uma família” e defendeu a criação de leis de união civil para garantir o direito dos casais homoafetivos.

Ler mais

A Netflix deve testemunhar perante o Congresso sobre Cuties? A guerra cultural está fora de controle

A reação em torno do filme alimenta o medo rodopiante do Lolita Express de Jeffrey Epstein e das conspirações da QAnon

EUÉ inspirador ver a esquerda e a direita dos Estados Unidos finalmente se unindo para criar uma declaração bipartidária: há um filme francês que é ruim e devemos fazer algo a respeito. Não é um segundo pacote de estímulo ou saúde universal, mas em nossa cultura polarizada, pegamos o que podemos obter.

Cuties, que é dirigido pela franco-senegalesa Maïmouna Doucouré , se passa em Paris e segue Amy, a filha de 11 anos de imigrantes senegaleses, que está dividida entre sua educação tradicional islâmica e seus novos amigos da trupe de dança que passam o tempo flertando com meninos e twerking e girando durante os ensaios para uma competição de dança.

Ler mais

Netflix anuncia que vai produzir minissérie sobre a vida de Ayrton Senna

Netflix anunciou nesta quinta-feira a produção da primeira série ficcional sobre o tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna. Com lançamento previsto para 2022, serão oito episódios voltados principalmente para mostrar a personalidade e a vida íntima de quem era chamado de Beco ou Becão pelas pessoas mais próximas. As filmagens serão realizadas no Brasil e também no exterior em locais por onde Senna passou.

A família do tricampeão também participa ativamente do projeto e autorizou a equipe de gravação a ter acesso à casa onde Senna cresceu em São Paulo. “É muito especial poder anunciar que contaremos a história que poucos conhecem dele. A família Senna está empenhada em fazer deste projeto algo totalmente único e inédito. E ninguém melhor do que a Netflix, que tem um alcance global, para ser nossa parceira neste projeto”, afirmou a irmã de Ayrton, Viviane Senna.

Ler mais

Leticia Sabatella desabafa e fala da experiência de ter feito filme sobre Flordelis

A atriz relembrou o contato que teve com a deputada que foi denunciada como mandante do assassinato do marido

Leticia Sabella desabafou pela primeira vez sobre o caso envolvendo a pastora e deputada federal do PSD-RJ Flordelis. 

A cantora foi denunciada nesta semana como a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. O crime aconteceu em 16 de junho de 2019. 

Ler mais