Ensino remoto pode continuar até dezembro de 2021, diz conselho de educação

Resolução que deve ser aprovada nesta terça-feira permite que calendários escolares atrapalhados pela pandemia possam ser organizados até o ano que vem

O Conselho Nacional de Educação (CNE) deve aprovar nesta terça-feira, 6, uma resolução que permite o ensino remoto nas escolas públicas e particulares do País até 31 de dezembro de 2021. Dessa forma, as redes de ensino podem organizar seus calendários, com reposições de aulas perdidas e avaliações, não apenas até o fim deste ano. O documento, ao qual o Estadão teve acesso, também recomenda que as escolas não deem faltas aos alunos nesse período todo de pandemia.

Ler mais