Wikipedia proíbe editores de expressar apoio ao casamento tradicional

A Wikipedia, que se define como um “projeto de enciclopédia multilíngue de licença livre, baseado na web e escrito de maneira colaborativa”, decidiu restringir seus editores de expressar oposição ao casamento entre pessoas do mesmo sexo em sua plataforma – uma decisão que veio meses depois que o cofundador Larry Sanger disse que a política de neutralidade do site estava “morta”.

Os voluntários que escrevem e editam os artigos da Wikipedia não podem mais incluir em sua página de perfil qualquer “caixa de usuário” – um emblema expressando suas crenças – que seja contra o casamento gay. Por exemplo, uma dessas caixas de usuário afirma: “Este usuário acredita que o casamento é entre um homem e uma mulher”.

Ler mais

Facebook censura ministério cristão por promover ‘terapia de conversão’

O Facebook está começando a censurar um ministério cristão por supostamente promover “terapia de conversão”, removendo postagens de homens e mulheres que já foram identificados como LGBT e agora seguem Jesus.

Anne Paulk, presidente da Restored Hope Network (Rede Esperança Restaurada, em tradução livre), nos EUA, explicou como, a pedido do aparente grupo de controle da mídia liberal Media Matters, o gigante da mídia social está retirando os posts de sua conferência mais recente, dizendo que viola “os padrões da comunidade.”

“Acho irônico que o Facebook esteja chamando o discurso que diz que as necessidades relacionais têm respostas relacionais de ‘discurso de ódio’, quando a American Family Association (Associação da Família Americana, em tradução livre) literalmente tinha ameaças de morte contra eles no Facebook, eles o denunciaram e o Facebook considerou que não era discurso de ódio. E, no entanto, a pessoa foi presa por violar os padrões.

Ler mais