Igreja beatifica o jovem Carlo Acutis, conhecido como ‘padroeiro da internet’

Londrino morreu aos 15 anos, em 2006, de leucemia. Neste sábado (10), ele e se tornou o primeiro ‘influencer’ beato. Igreja reconheceu como milagre a cura de uma criança brasileira que tocou numa relíquia de Acutis.

A Igreja Católica beatificou, neste sábado (10), o londrino Carlo Acutis, o primeiro “influencer” em questões religiosas a chegar aos altares. A cerimônia solene de beatificação, que aconteceu na Basílica de São Francisco de Assis, na Itália, na presença da família do jovem, foi transmitida ao vivo pela internet.

A beatificação foi anunciada após a Igreja reconhecer o que considera ser um milagre realizado por Acutis a um menino no Brasil. (Veja mais abaixo)

Carlo Acutis morreu de leucemia aos 15 anos, em Monza, na Itália, em 12 de outubro de 2006. Ele foi declarado “venerável” em 5 de julho de 2018. Quase um ano depois, seus restos mortais foram transferidos para Assis, onde foi beatificado neste sábado.

Ler mais