Bíblia, Alcorão e Torá são satirizados em papéis higiênicos na França

O prédio onde as projeções foram feitas foi cercado por policiais fortemente armados.

Policiais fortemente armados montaram guarda na noite de quarta-feira (21) quando uma cidade francesa desafiou o terrorismo islâmico ao projetar enormes imagens de desenhos animados do Charlie Hebdo em um prédio do governo local.

As projeções, que incluem caricaturas de Maomé, fazem parte de uma homenagem nacional francesa ao professor Samuel Paty, que ocorre na noite de quarta-feira. Paty, um professor de história na área metropolitana de Paris, foi assassinado na sexta-feira por um terrorista imigrante muçulmano porque mostrava os desenhos aos alunos como parte de uma aula sobre liberdade de expressão.

Ler mais