Israel agirá para conter ameaça nuclear do Irã mesmo sem EUA, diz Netanyahu

Israel pode agir sem qualquer ajuda para conter a ameaça nuclear iraniana, disse o premiê, Benjamin Netanyahu, nesta segunda-feira (24), enquanto o secretário do Estado dos EUA, Antony Blinken, chegou para visitar a região.

A visita de Blinken a Israel ocorre pouco antes de uma quinta rodada de negociações indiretas entre os EUA e o Irã sobre o retorno ao acordo nuclear de 2015.

O enviado especial dos EUA para o Irã, Robert Malley, comentou, citado pelo The Jerusalem Post, que “a última rodada de negociações foi construtiva e houve progresso significante. Mas ainda há muito trabalho a ser feito”.

Durante o briefing, Blinken não disse que o Irã está na agenda da visita, mas oficiais israelenses planejam tocar no assunto em seus encontros com o secretário.

Em uma cerimônia de premiação para excelentes agentes da Mossad (agência israelense de inteligência), nesta segunda-feira (24), Netanyahu afirmou: “A principal missão de cada um de vocês é prevenir que o Irã se arme com armas nucleares. É uma missão suprema”.

Ele confirmou que valoriza muito a amizade com os Estados Unidos, já que seu suporte é “uma parte de nossa segurança nacional”.

No entanto, adicionou que “garantir que os aiatolás não vão parar os milhares de anos de existência do povo judeu vai requerer de nós decisões corajosas e independentes”.

“Com ou sem acordo, nós vamos fazer tudo para impedir que o Irã se arme com armamento nuclear, porque é [a questão da] nossa existência”, declarou.

O primeiro-ministro israelense avisou várias vezes no mês passado, após o ataque contra a usina nuclear iraniana de Natanz, que Israel se defenderá contra as ameaças da República Islâmica, e sublinhou que Jerusalém se esforçará para combater ambições nucleares iranianas. Relatos daquele período constataram que a Mossad estava envolvida no ataque.

As tensões entre as duas nações já eram altas após o assassinato do chefe do programa nuclear do Irã, Mohsen Fakhrizadeh, em novembro de 2020, e há reportadas tentativas do Irã de realizar ataques de vingança contra embaixadas israelenses em todo o mundo.

Joia do Cristão Com Informações do Sputniknews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *