Hezbollah Promete responder ataque aéreo de Israel em Damasco

O movimento libanês Hezbollah disse nesta segunda-feira (27) que pretende retaliar Israel pela morte de um de seus combatentes em ataque ao sul de Damasco, na semana passada.

O alerta veio depois que um incidente de segurança ocorreu no início do dia, na fronteira entre Israel e Líbano, nas proximidades das terras disputadas das fazendas Shebaa. Explosões e trocas de tiros foram ouvidas na região. Uma fonte local disse à Sputnik que Israel bombardeou o assentamento de Kfarchouba, na região sul do Líbano, por um período de tempo de cerca de meia hora.

“Nossa resposta à morte do irmão, o guerreiro Ali Kamel Mohsen [Jawad] será inequívoca. Os sionistas só podem esperar punição por seus crimes”, afirmou o movimento, acrescentando que o ferimento de um civil como resultado do bombardeio de artilharia em Kfarchouba também não deve ser deixado sem resposta.

O movimento também disse que seus combatentes ainda não fizeram nenhum ataque ou participaram de confrontos nas fronteiras do sul do país.

As tensões na região aumentaram após relatos de um ataque aéreo israelense matando um combatente do Hezbollah no sul de Damasco na semana passada. Desde então, o exército israelense aumentou a presença ao longo da fronteira com o Líbano e a Síria.

Em meio a uma crescente tensão local, no domingo (26), o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu emitiu um alerta para Irã, Síria e Líbano, afirmando que não permitirá base iranianas perto de sua fronteira norte e que ataques vindos dos territórios sírio e libanês serão atribuídos aos governos locais.

Por:sputniknews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *