MEIO AMBIENTE – Joia do Cristão Baiano

O Ártico está em uma espiral mortal. Por quanto tempo mais isso vai existir?

A região está se desintegrando mais rápido do que qualquer um poderia ter previsto. Mas ainda pode haver tempo para agir

No final de julho, 40% da plataforma de gelo Milne de 4.000 anos, localizada na extremidade noroeste da Ilha Ellesmere, desabou no mar. A última plataforma de gelo totalmente intacta do Canadá não existia mais.

Do outro lado da ilha, o mais ao norte do Canadá, as calotas polares da Baía de St Patrick desapareceram completamente.

Duas semanas depois, os cientistas concluíram que a camada de gelo da Groenlândia já pode ter ultrapassado o ponto sem volta. A queda de neve anual não é mais suficiente para repor a perda de neve e gelo durante o derretimento das 234 geleiras do território no verão. No ano passado, a camada de gelo perdeu uma quantidade recorde de gelo, equivalente a 1 milhão de toneladas métricas a cada minuto.

Ler mais

Na ONU, papa Francisco cita ‘perigosa situação’ da Amazônia e de povos indígenas

Em discurso, ele também considerou que a atual crise derivada da pandemia do coronavírus pode ser uma oportunidade real para a transformação dos atuais modos de vida

Em pronunciamento na Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), o papa Francisco citou a “perigosa situação da Amazônia e de seus povos indígenas”. O líder da Igreja Católica fez um vídeo de 26 minutos, exibido na manhã desta sexta-feira, 25, em que também falou sobre a desigualdade social do mundo e a pandemia do novo coronavírus.

Ler mais

Queimadas, tempo seco, má qualidade do ar, ‘chuva preta’, temperaturas altas: os fenômenos que atingem o Brasil

Ao menos um dos fenômenos tem sido registrado em várias partes do país. Mas qual a relação entre eles? Quais regiões são mais atingidas?

Queimadas, tempo seco, má qualidade do ar, “chuva preta” e temperaturas altas: várias regiões do Brasil têm sofrido com ao menos um desses problemas nos últimos dias. Mas como eles estão relacionados?

Ler mais

‘Nunca vi nada assim’: cidades de Oregon esvaziadas e confusão se espalha em meio a incêndios

Em Molalla e outras cidades do oeste, o medo, a incerteza e a desinformação tomaram conta dos residentes enquanto centenas de milhares de pessoas no estado evacuavam

Centenas de milhares de pessoas em Oregon foram obrigadas a deixar suas casas na quinta-feira, porque os incêndios violentos invadiram suas propriedades. As evacuações obstruíram estradas, esvaziaram cidades inteiras e geraram confusão em um estado que nunca havia enfrentado incêndios florestais desse tamanho antes.

Ler mais

Humanos explorando e destruindo a natureza em escala sem precedentes – relatório

As populações animais caíram em média 68% desde 1970, enquanto a humanidade empurra os sistemas de suporte de vida do planeta para o limite

As populações de animais selvagens estão em queda livre em todo o mundo, impulsionadas pelo consumo excessivo de humanos, crescimento populacional e agricultura intensiva, de acordo com uma importante nova avaliação da abundância de vida na Terra.

Em média, as populações globais de mamíferos, pássaros, peixes, anfíbios e répteis caíram 68% entre 1970 e 2016, de acordo com o relatório bienal Living Planet 2020 do WWF e da Zoological Society of London (ZSL) . Há dois anos, o número era de 60% .

Ler mais

‘Bom dia, inferno’: californianos acordam para céus apocalípticos enquanto incêndios florestais se intensificam

Céus em tons de laranja são devido à luz sendo filtrada pela fumaça da pior temporada de incêndios registrada no estado

As pessoas na área da baía de São Francisco e em toda a Califórnia acordaram na manhã de quarta-feira com uma cena assustadora de céus escurecidos em tons de laranja e cinzas chovendo enquanto incêndios florestais históricos assolam o estado.

Os céus apocalípticos se devem à luz sendo filtrada através da fumaça da pior temporada de incêndios já registrada na Califórnia, de acordo com uma organização regional de controle de poluição do ar, o Bay Area Air District.

Centenas de casas destruídas no noroeste do Pacífico devido a incêndios “sem precedentes” – atualizações ao vivo

Ler mais

Amazônia: incêndios se agravam e ameaçam florestas intocadas

Brasil registrou 8.373 incêndios em sua parte da floresta nos primeiros sete dias de setembro, mais que o dobro do mesmo período em 2019

Os incêndios na Amazônia brasileira pioraram na primeira semana de setembro e estão se espalhando cada vez mais para áreas de floresta intocada, mostraram dados de satélite nesta quarta-feira (9), depois que o número de incêndios provavelmente atingiu a máxima de 10 anos em agosto.

O Brasil registrou 8.373 incêndios em sua parte da floresta amazônica nos primeiros sete dias de setembro, mais que o dobro do número de incêndios no mesmo período do ano anterior, de acordo com dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

Ler mais

Superpopulação e super consumismo, nossa triste realidade

Superpopulação e super consumismo, nossa triste realidade:  considera-se que há a superpopulação de determinada espécie quando o número de indivíduos, por algum motivo, aumenta de maneira a causar um desequilíbrio no ecossistema podendo prejudicar, inclusive, a sobrevivência de outras espécies. Esse é o cenário atual em que vivemos no planeta Terra.

Recordamos que o planeta é o mesmo desde Adão e Eva. Mas hoje seus descendentes somam 7,4 bilhões de pessoas. Ainda no século 21 seremos 10 bilhões!

Superpopulação e super consumismo, nossa triste realidade

A superpopulação causa um desequilíbrio em diversos ecossistemas, prejudicando e  interferindo na sobrevivência de outras espécies, como por exemplo, os animais marinhos (e os terrestres também), e os ambientes naturais.

Ler mais

Terremoto de 4,6 de magnitude é registrado na Bahia

Cidades do Vale do Jiquiriçá e do Recôncavo Baiano sentiram tremor mais forte na manhã deste domingo (30), mas moradores de Salvador também têm relatos. Não há registro de feridos.

Um terremoto de magnitude 4,6 foi registrado na Bahia, na região das cidades de Mutuípe, que fica no Vale do Jiquiriçá, e Amargosa, no Recôncavo Baiano, na manhã deste domingo (30), segundo cálculos do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Moradores de várias cidades do estado, como Castro Alves, São Miguel das Matas e Santo Antônio de Jesus, também no Recôncavo, relataram o impacto do terremoto. Em Salvador, os tremores também foram sentidos. Não há registro de feridos.

Ler mais