CRISTÃO – Joia do Cristão Baiano

Bíblia, Alcorão e Torá são satirizados em papéis higiênicos na França

O prédio onde as projeções foram feitas foi cercado por policiais fortemente armados.

Policiais fortemente armados montaram guarda na noite de quarta-feira (21) quando uma cidade francesa desafiou o terrorismo islâmico ao projetar enormes imagens de desenhos animados do Charlie Hebdo em um prédio do governo local.

As projeções, que incluem caricaturas de Maomé, fazem parte de uma homenagem nacional francesa ao professor Samuel Paty, que ocorre na noite de quarta-feira. Paty, um professor de história na área metropolitana de Paris, foi assassinado na sexta-feira por um terrorista imigrante muçulmano porque mostrava os desenhos aos alunos como parte de uma aula sobre liberdade de expressão.

Ler mais

Chadwick Boseman não deixa testamento e viúva entra na Justiça para ter direito à herança, diz site

Taylor Simone Ledward já entrou em contato com um juiz para ser considerada uma testamenteira

A morte repentina de Chadwick Boseman, infelizmente, deixou espaço também para uma briga judicial. Segundo informações do site The Blast, o ator não deixou um testamento antes de morrer, o que fez com que sua esposa Taylor Simone Ledward entrasse com um processo no Tribunal do Condado de Los Angeles, nos Estados Unidos, para ter direito à herança que o artista deixou.

Ler mais

Cristãos devem estar preparados para perseguição em massa, diz ator Jim Caviezel

O ator conhecido por seu papel em ‘A Paixão de Cristo’ alertou que os cristãos precisam reconhecer que estão em guerra contra o secularismo.

ator Jim Caviezel afirmou em uma entrevista recente que os cristãos deveriam estar em guerra contra extremistas seculares, declarando que esta é “uma guerra que precisa ser travada e deve ser vencida”.

“Ninguém jamais cavalgou para a vitória apoiado em chavões morais falsos. Temos que falar a verdade com ousadia”, disse Caviezel a Megan West do My Faith Votes.

Ler mais

“Por que você está matando cristãos?”, perguntou Trump ao presidente da Nigéria

Muhammadu Buhari revelou a repórteres no início do mês que o presidente americano o questionou sobre a crescente morte de cristãos nigerianos.

Em entrevista concedida em 8 de setembro em Abuja, capital da Nigéria, no Retiro de Avaliação de Desempenho Ministerial do primeiro ano de seu segundo mandato, o presidente Muhammadu Buhari disse que durante sua visita à Casa Branca em abril de 2018 o presidente Trump perguntou em particular por que ele estava matando cristãos.

“Quando eu estava em seu escritório, apenas eu e ele, apenas Deus é minha testemunha, ele me olhou na cara, perguntou: ‘por que você está matando cristãos?'”

Ler mais

Cristão é condenado à morte por blasfêmia no Paquistão

Em 8 de setembro, mais um cristão foi sentenciado à morte no Paquistão, acusado de blasfemar contra o islã. Asif Pervaiz, de 37 anos, foi preso em 2013 após ser denunciado pelo ex-supervisor de uma fábrica de meias, Muhammad Saeed Khokher.

Em entrevista à Al Jazeera, o advogado de defesa, Saif-ul-Malook, contou que o réu teve o testemunho rejeitado e depois recebeu a condenação. “Ele negou as acusações e disse que o homem estava tentando fazer com que se convertesse ao islã”, conta o mesmo advogado de defesa de Asia Bibi.

De acordo com Pervaiz, o supervisor o confrontou quando ele estava deixando o trabalho. Então, o cristão manteve a fé em Jesus, mas foi acusado de ter enviado mensagens blasfemando contra o profeta Maomé. Porém, o advogado de acusação, Ghulam Mustafa Chaudhry, argumentou que essa foi a primeira denúncia de proselitismo religioso de funcionários contra Khokher.

Ler mais

Homem que tentou matar Billy Graham se converteu após ouvir pregação do evangelista

George Palmer era um violento e cruel líder de gangue. Desde criança ele passou a odiar Deus por culpá-lo pela morte de seu pai.

O pai de Palmer morreu na Austrália após plantar 100 cerejeiras. Ele teve um ataque cardíaco e foi levado às pressas para o hospital, mas os médicos não puderam salvá-lo.

“Nunca vou esquecer quando me disseram que meu pai havia morrido, simplesmente não consegui lidar com isso”, conta Palmer. “Lembro-me de ter subido ao paddock e gritar com Deus. Te odeio. Eu odeio você com todo meu coração. Eu nunca vou te amar.”

Ler mais

Ator de ‘A Paixão de Cristo’ lança filme sobre cristãos perseguidos no Oriente Médio

O ator Jim Caviezel, que se tornou famoso na cena de Hollywood em 2004, com seu papel icônico como Jesus em “A Paixão de Cristo”, é um cristão católico sincero, que expressa abertamente sua fé e devoção a Deus.

“A maneira como Deus nos vê é o que traduz quem realmente somos”, disse Caviezel recentemente ao podcast ‘Edifi’, apresentado pelo escritor e jornalista cristão Billy Hallowell, falando sobre uma série de questões, incluindo seu novo filme, “Infidel”.

O longa-metragem, que estreia nos cinemas dos EUA em 18 de setembro, é descrito como um “thriller contemporâneo do Oriente Médio”, em torno de um “americano sequestrado enquanto participava de uma conferência no Cairo, que acaba preso no Irã sob a acusação de espionagem”.

Ler mais

Em histórias de santos medievais, Deus fazia aborto

Há uma semana, dia 16 de agosto, um grupo de manifestantes religiosos tentou invadir um hospital para impedir o aborto legal de uma menina de 10 anos, interrompendo a gravidez fruto de repetido estupro por um tio. O caso gerou repulsa profunda entre quem não compartilha a visão dos manifestantes – que vem a ser a maioria dos brasileiros. E levou a uma declaração do presidente da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira Azedo. Disse que o aborto legal foi um “crime hediondo”.

A Igreja defende que sua posição é consistente com leis imutáveis do próprio Deus. Mas ou as leis mudaram, ou foi Deus. Porque, no passado, católicos chegaram a acreditar que Deus em pessoa provocava abortos. E não de castigo, mas como uma dádiva, um milagre.

Está em biografias (hagiografias) de quatro santos, todos da Irlanda. São eles: Santa Brígida de Kildare (451-525), São Ciarán de Saighir (?-530), Santo Áed mac Bricc (?-589) e São Cainnech de Aghaboe (515-600). A cada um deles, foi atribuído um aborto milagroso, uma intervenção divina que acabou com uma gravidez indesejada.

Ler mais