Netanyahu em reunião com Blinken: responderemos de forma muito poderosa se Hamas violar cessar-fogo

A recente escalada de confrontos entre Israel e Hamas teve início na noite de 11 de maio e matou mais 250 pessoas, a maioria palestinos. Um cessar-fogo entrou em vigor na sexta-feira (21).

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou nesta terça-feira (25) que Israel responderá de forma “muito poderosa” se o movimento palestino Hamas violar o cessar-fogo.

Ler mais